sexta-feira, 24 de maio de 2013


Meus pedidos de aniversário, meus pedidos á meia-noite, meus maiores sonhos... Eu sempre pensava em você. As orações nas noites tristes, a alegria por alguma coisa ter dado certo, minhas maiores vontades. Eu sempre pensava em você. Quando alguém falava em fé e me pedia pra buscar minha força interior... Eu sempre lembrava de você. Eu lembrei de você quando me falaram uma vez que o que o passou, passou, e não voltava nunca mais, e eu não queria que passasse, eu não dei ouvidos. Eu nunca quis me afastar tanto a ponto de ter lavado as mãos e falado que "tanto faz" quando na verdade, por ora, nunca tanto fez. Quando alguém falava em sonhos eu mudava de assunto porque o meu já estava realizado e tinha ido embora, ele tinha se perdido, tinha escorregado pelas minhas mãos, junto com uma coisa que eu aprendi que não se pode comprar por nada nesse mundo: paz. A alegria interior. A felicidade. Vocé é a minha maior felicidade. "Obrigada por tudo." Que saudade de te falar isso! De falar isso e de perceber que você se importou com o que eu disse. Esse é você, sempre dando a melhor das atenções. Que saudade!

 

Eu não sei o que aconteceu comigo. Antigamente era assim sempre que eu te encontrava. Ficava repassando tudo sozinha. Cada palavra que eu disse e cada vez que você me olhou e viu que eu estava ali. "Eu estava ali", mas por muito tempo eu não estive mais. Me perdoa. Eu me envergonho porque talvez eu me deixei esquecer das coisas, me obriguei a esquecer o que era essencial pra mim, eu me esqueci do quão bom era ver você. Eu me esqueci de mim, porque grande parte de quem eu me tornei foi por você, pelos sonhos que meu coração guardou esperando o dia em que eu te conheceria, e ele os deixou apagar como se não tivesse valido a pena, e como se eu não soubesse que você valeu (vale) a pena. Aqueles meus sonhos, eles erão seus. Mas eu fingi que não, e foi por muito tempo. Um tempo que nem cabe em mim. Eu me envergonho por todas as vezes que eu, mesmo sem chorar, me entristeci, mas deixei de lado, eu venho deixando de lado por três anos. E eu escrevo isso agora com água nos olhos, porque eu queria te pedir perdão por ter deixado meu maior sonho de lado como se eu fosse uma pessoa vazia e como se eu NÃO LEMBRASSE que justamente por sua causa eu não sou uma pessoa vazia, por conta da tamanha felicidade que você já me proporcionou. E eu? Eu deixei você, deixei de te amar todos os dias, deixei de conversar sobre você por horas. Eu deixei de ter fé, eu parei de sorrir. E eu guardei tudo pra mim, porque eu tive medo. Medo de te ver  e lembrar de tudo, de tudo que eu me obriguei a esquecer. Eu deixei de estar lá, pra ver você chegando. E eu me preocupava tanto em fazer com que você  soubesse que eu ainda me importava, que eu ainda gostava de você, que eu ainda te admirava, que acabou por não dar em nada. Você nunca soube, e a culpa é minha por não ter ido te lembrar. Eu deixei o meu sonho de lado, quem faz isso? Me perdoa. Mas ei, eu ainda estou aqui, e agora, por mais tarde que seja, parece que você já sabe. Me sinto mal por ter esperado tanto tempo pra te ver de novo. Me sinto mal e por causa disso sinto que é tarde demais, e ao mesmo tempo sei que nunca é tarde pra terminar o que começou. Mesmo assim estou confusa. Confusa porque nada do que eu sentia mudou, me sinto com 14 anos de novo. Chorando por te amar tanto. Chorando por carinho, por respeito e por admiração, pela pessoa que você nunca deixou de ser. E agora eu vi. Eu vi de perto, que o teu abraço não mudou nada. Eu vi de perto o que eu tinha pra falar mas não falei. E agora eu lembrei o que é sentir que eu quero te encontrar de novo, aquela vontade de  dizer o que eu não disse, mas que é o mesmo de três anos atrás. Não há ninguém como você!

Queria agradecer a uma pessoa que me ajudou e que sempre me apoiou, ela sabe como tudo isso é importante pra mim, ela sabe o que se passa aqui dentro. Obrigada Malaki. E obrigada a todas as pessoas que sempre torceram pra que isso acontecesse (de novo).


segunda-feira, 4 de março de 2013



Eu não sei mais escrever, você está longe demais agora. Eu não sei não pensar em você e em tudo que você me proporcionou, eu não sei te esquecer, eu não sei o que faço pra ver você de novo. Mas eu sei que vou te esperar o tempo que for necessário. Eu vou te esperar pra sempre.

sexta-feira, 30 de dezembro de 2011


O ano acabou e neste aqui eu não te vi. Não sei se você me esqueceu mas eu ainda não, como a maioria das pessoas acham. Muitas coisas aconteceram comigo e você não está aqui pra eu poder te contar, o importante agora é saber se você está bem, porque só com isso eu também consigo ficar. Não dá pra entender como o destino colocou as nossas vidas tão separadas dessa maneira, quando alguém é tudo pra você, você se lembra todos os dias. E se eu soubesse que aquela vez em Junho do ano passado era a última em que te abraçaria, teria sido diferente? Não, porque eu sempre aproveitei meu tempo com você, o pouco tempo que eu tinha pra explicar em como você é importante pra mim. Mas eu o perdi. E viver assim não é muito ruim, até porque eu já me acostumei e ficar sem informações suas, sem abraços, e sem sorrisos. Foram seus os meus mais sinceros, e até hoje, depois de abraçar tantas pessoas, eu nunca me senti tão protegida por ninguém em como eu me sentia por você. Mesmo eu não sendo nada da tua vida, não era familiar, nem amiga, nem conhecida talvez... mas e você pra mim? você sabe o que você é? Eu ainda te admiro demais, e cada sentimento que eu sentia ao ver você ainda guardo aqui. E hoje, eu passo horas lembrando de tudo que eu fazia por você, e algumas coisas você nunca vai saber. Eu não sei se foi errado, eu não sei como as pessoas julgavam, eu só lembro que eu era feliz. Muito feliz. Por isso esse sonho durou por algum tempo, aquele tempo que eu nunca vou esquecer. Será que foi errado te amar? Acho que todo mundo tem excessos de amores errados. A gente se engana muito com as definições românticas. Mas com você foi diferente. Você era a unica estrela para mim. Mesmo com direito de brilhar para todas as outras pessoas. Você se tornou uma parte de mim. Uma parte importante demais pra ser esquecida ou arrancada. Eu te via ao meu redor, e podia sentir o seu coração, pena que o tempo, a vida, o destino mudou tudo isso, mudou essa parte tão linda da minha vida. Vou lembrar de você por muito tempo e quero contar pra mais pessoas, e mostrar o quanto era feliz vivendo por você. Contar pra elas o que eu aprendi com a estrela (você). O amor supera tudo e realmente você não cansa de ir atrás de quem você sabe que precisa. Consegue entender? Eu não sofro mais, mesmo com tanta saudade, graças a sua memória eu me sinto uma pessoa completa. Você não deixou dores aqui, porque nunca fez nada de errado, eu só tenho a agradecer. Eu sei que o meu amor é bem maior do que o medo de não poder te ver nunca mais. Mesmo de longe, estarei aqui, eu sinto que é eterno, o sentimento não mudou.Eu torço pra que cada dia as pessoas que sonham em te conhecer te conheçam pra ver o quanto a vida delas vai mudar, assim como você mudou a minha. Obrigada por fazer parte da minha história, e ser essa pessoa tão maravilhosa que é. Acho que esse é um dos motivos dos quais eu nunca vou esquece-lo... Ninguém nunca será como você.


A saudade de ti é tão grande. Acho que nem com milhões de abraços ela vai deixar de existir.

segunda-feira, 16 de maio de 2011

14/05/11


Minha intuição me diz pra continuar e seguir minha razão.

segunda-feira, 2 de maio de 2011


Não há nada que eu não faria para ouvir sua voz de novo me chamando pelo nome, porque de certa forma você ainda se lembra de quem eu sou. As vezes eu quero te chamar mas eu sei que você não responderá. Sempre que tento me esconder, ninguém sabe o motivo, mas eu fujo porque é de você que sinto falta. É perigoso e ao mesmo tempo tão insensato querer voltar no tempo, por quantos meses eu me machuquei sozinha e calada ao ter que deixar todos os sonhos pra trás , só eu sei, e agora que eu mudei, vivo sem coração. E queria que você soubesse de tantas coisas que vem me acontecendo.

Apenas mais uma chance de olhar em seus olhos e ver você olhar de volta.


And I love you more than I did before
And if today I don't see your face
Nothing's changed no one can take your place

quarta-feira, 16 de março de 2011

...



M: Posso te perguntar uma coisa?
T: Claro
M: Você não pensa em ir ver o Leandro mais?
T: Penso nisso todos os dias